CRIANÇA QUE MORDE

By 8 de outubro de 2018 abril 5th, 2019 #PapoReto

Eita tema delicado esse! As crianças experimentam o mundo de diversas maneiras. Uma delas é pela boca. Querem sentir o gosto desse mundo de descobertas. Querem provar e incorporar seus sabores, sentidos e significados. É como se o mundo as alimentasse e elas precisassem, literalmente, degustá-lo pela boca. Mordem. A mordida não é, a priori, uma ação agressiva. O adulto precisa mostrar à criança que essa ação machuca as pessoas. Fazer com que perceba que existem outras maneiras de entender o mundo e de se comunicar com ele. Sim, as crianças também mordem, pois querem se expressar. Não encontro palavras? Nhac! Mais ou menos assim. O adulto deve narrar, ajudar a criança a compor a história, refazer o caminho entre a vontade e a ação. Na escola, quanto mais rotina, atenção e cuidado nas atividades, menos a criança morde. Criança sem fazer nada, sem cuidado, mais chance de morder e ser mordida.  

#PapoReto #🔵🔵🔵 

Marcelo Cunha Bueno é educador há mais de 20 anos, inspirado pelo chão da Escola, especialista em desenvolvimento infantil. 

29 Comments

Leave a Reply