CHANTAGEANDO UMA CRIANÇA

By 20 de agosto de 2018 abril 5th, 2019 #PapoReto

Chantagem não leva a lugar algum quando falamos de integridade. Mas leva ao que se quer rapidinho. Se não comer, não assiste à televisão. Se não tomar banho, fica sem vídeo game. A criança faz na hora o que se pede com medo de perder seus direitos conquistados e seus objetos do desejo. Mas isso não é educar! Não, não. Educar é fazer com que a criança entenda que existem regras, elas permanecem onde estão, devemos segui-las, podemos negociá-las de vez em quando, que a regra é cuidado, é amor e que fazer nossas obrigações ajuda o mundo a ser melhor. Sim, porque, quando cumprimos os nossos deveres, damos um voto de confiança às demais pessoas do mundo. Vale para todos e todas. Se eu não fizer, romperei meu contrato social. Começa com o banho e segue para nossos deveres de cidadãos. Parece besteira, mas não é. A chantagem é o começo da corrupção. Só faço o que me é pedido, só cumpro com meus deveres se receber algo em troca. Estamos cansados disso. Mudemos em casa para mudarmos nas urnas depois! 

#PapoReto #🔵🔵🔵  

Marcelo Cunha Bueno é educador há mais de 20 anos, inspirado pelo chão da Escola, especialista em desenvolvimento infantil.  

29 Comments

Leave a Reply