O BRINQUEDO NA ESCOLA

By 15 de maio de 2018 abril 5th, 2019 #PapoReto

Casa é intimidade, individualidade. Núcleo, lar, morada. Escola é expansão, é coletivo. Amizade. As crianças pequenas, quando entram na escola, costuram esses dois universos: o individual e o coletivo. Em casa, há segurança, afeto (esperamos que assim seja sempre). A escola é o inédito, a surpresa. Que causam incertezas e crescimento. Um certo receio. Criança aprende o mundo brincando. Fantasiando seus contextos concretos num mundo imaginativo. Brinquedos são instrumentos simbólicos, que dão sentido a experiências concretas. A segurança na escola, no inédito, no coletivo, vem quando a criança sente que sua singularidade, seu íntimo são respeitados. E o brinquedo pode ser essencial nesse momento. O brinquedo, símbolo do afeto da casa dentro da escola, é o sinal de que esta se abre aos contextos plásticos da vida da criança. Trazer brinquedo de casa para a escola é dar chance para a criança unir, pela primeira vez, os dois universos que a nortearão durante a vida: interior e exterior.

#PapoReto #🔵🔵🔵  

Marcelo Cunha Bueno é educador há mais de 20 anos, inspirado pelo chão da Escola, especialista em desenvolvimento infantil. 

47 Comments

Leave a Reply