DESENHOS: ENTRE TRAÇOS E SONHOS 

By 3 de abril de 2018 abril 5th, 2019 #PapoReto

Linhas contornam nossos desejos. Cores revelam os nossos sonhos. Os desenhos são expressões do que somos e vemos no mundo. Desenhar é libertador. Cada traço é a expressão do que está dentro de nós, mas é do mundo. Da imaginação à grafia no papel, o desenho é alma.  

Textura, cores, intensidade. Somos desenho de um mundo. Rascunho de uma vida a se compor num papel. Nossas combinações de cores e traços definem a história do nosso desenho de vida.  

Ensinar a criança a desenhar. Dar espaço ao desenho dentro da rotina escolar é dizer que ela pode existir para além das palavras que nos definem. Ela existe nas intenções de uma arte nua, que convida o outro para se desvelar ainda mais. O desenho amplia a escrita, afirma a literatura, a lógica e ilógica matemática, a síntese e a rede. Ensinar a desenhar é sonhar junto com as crianças. É brincar de ser o que podemos ser por meio de lápis, papel, giz, canetão.  

Desenhar é compor sonhos acordados. Desenhar é acreditar que se pode sonhar na escola. Podemos? 

#PapoReto #🔵🔵🔵 

Marcelo Cunha Bueno é educador há mais de 20 anos, inspirado pelo chão da Escola, especialista em desenvolvimento infantil. 

31 Comments

Leave a Reply