ALEPPO É AQUI

By 15 de dezembro de 2016 abril 8th, 2019 #PapoReto

Os olhos de uma criança guardam aquilo que mais desejamos. Guardam segredos de seu afeto pelo mundo. Guardam gratidão pelas descobertas. Guardam poesias contidas na infância. Guardam? 

Os olhos dessas crianças refletem o que nos tornamos. Tristes, miseráveis e gananciosos. Matamos sem cerimônia, roubamos sem vergonha. Deixamos de pensar no próximo. Próximo? 

Nosso mundo não deveria ser assim. Aqui, ali. Aleppo é a constatação de que nos perdemos, mais uma vez.  

Não dá para olhar para os olhos dessas crianças. Elas nos revelam como podemos ser cruéis. Revelam também uma impotência diante dos fatos. Angustia-me vê-las perdidas, sem família, sem amor. Sujas de sangue e poeira de suas, agora, casas desmoronadas pelas bombas. 

Sem morada, sem colo, sem nada. Sem amor, temos vagado pelo mundo afora. Destruído sonhos, esvaziado infâncias, tirando o direito de vida daqueles que não podiam imaginar em qual mundo chegariam: crianças. 

Sim, acredito na educação para o amor. Acredito que só a educação é capaz de transformar esse mundo onde tiranos querem construir muros, calar seu povo, ignorar escolhas, bombardear infâncias. 

Eu vejo nos olhos das crianças um pedido de socorro! Não por elas, mas por quem temos nos tornado. Humanos?  

Elas são as únicas capazes de nos fazer viver num mundo melhor. 

Vamos? 

#prayforaleppo #PapoReto #🔵🔵🔵

Marcelo Cunha Bueno é educador há mais de 20 anos, inspirado pelo chão da Escola, especialista em desenvolvimento infantil.

17 Comments

Leave a Reply